BIHUB PATH

November 2, 2021

Marketing, Comunicação e Gestão

Ótimo momento para investimentos no mundo dos esportes

By Tania Vie Riba.

A curta duração das carreiras profissionais dos atletas e o aumento exponencial dos salários levaram a uma reavaliação sobre como investir em clubes enquanto eles participam de campeonatos. Isso acontece porque existe uma inversão no começo das carreiras, e isso geram bases para futuros investimentos, pois para um crescente número de atletas, investir em empresas de tecnologia ou em marcas reconhecidas é mais emocionante e animado que comprar casas, carros ou mesmo obras de arte, com todo o respeito que esses investimentos têm.

Muitos atletas internacionalmente reconhecidos contam com o apoio de grandes patrocinadores que, além de oferecer um salário confortável, aumentam ainda seus patrocínios pessoais. Em função dos ingressos elevados da maioria dos atletas muito jovens, é lógico que ele queira aproveitar a situação para fazer o pé de meia.

É o caso do de Michel Phelps, que foi medalhista olímpico com 28 medalhas que afirmou que sua aposentadoria será dedicada ao trabalho com novas empresas emergentes de tecnologia, correr riscos, se divertir e ver o que pode acontecer. Os atletas de futebol também fazem investimentos em empresas emergentes e em empresas de tecnologia (isso tem razões de ser, pois suas carreiras profissionais são de curta duração).

Portanto, eles se tornam padrinhos de empresas que investem em empresas potenciais com grandes chances. Inclusive alguns deles oferecem valores expressivos que podem dar um grande incentivo para o início destas empresas, através de financiamento do capital de giro de empresas, já que isso não representa riscos ou problemas para eles. As estrelas da NBA estão promovendo grandes investimentos em empresas emergentes do Vale do Silício desde 2015 e os valores cada dia são mais expressivos e com maiores volumes de investimentos. Mas, por que os atletas estão cada vez mais investindo em empresas emergente? Eles recebem assessoramento para identificar grandes oportunidades de investimentos assim como são estimulados a serem vencedores de campeonatos e merecedores de medalhas.

Como esperado, os atletas cada vez mais estão investindo em aplicações conhecidas, em esportes eletrônicos, em clubes esportivos e muitos outros. Investem onde possam utilizar sua imagem, fama e conhecimento para fomentar o crescimento das empresas “apadrinhadas”, pois assim o retorno é mais expressivo.

Investimento em equipes

A lenda do basquete Michel Jordan é um grande acionista do clube Charlotte Hornets da NBA e do 23XI Racing da NASCAR. Em parceria com a estrela do beisebol Derek Jeter, Jordan também é acionista minoritário do Miami Marlins, uma pequena equipe que participa das Grandes Ligas de beisebol americana.

As famosas e reconhecidas irmãs Williams, Serena e Venus, são acionistas minoritárias do Miami Dolphins da NFL. LeBron James faz grandes investimentos no Liverpool FC, um dos clubes da Premier League. Já Gerard Piqué é um dos proprietários do FC Andorra, um clube espanhol e também acionista principal do Gimnàstic Manresa. David Beckham é cofundador do Inter Miami da Mayor League Soccer e se compromete com a participação e o desempenho diário da equipe.

É evidente que nem todos os investimentos são de rápido efeito e rendimento das equipes, certamente elas aumentaram seu valor de mercado e suas finanças estão saudáveis, em função da participação das estrelas esportivas.

Esportes eletrônicos

Ibrahimovic, reconhecido atleta sueco de futebol tornou-se um dos maiores investidores em função da sua participação na Challengermode, uma plataforma sueca de esportes eletrônicos que permite que todos tenham a possibilidade de organizarem campeonatos, torneios para torcedores e profissionais. Uma verdadeira inovação.

Durante o período da pandemia, os esportes eletrônicos se tornaram um investimento atrativo e lucrativo. Challengermode estima que cerca de 2,5 bilhões de pessoas que apostam nos jogos virtuais e videogames investiram ou participaram e 220 milhões de pessoas assistiram campeonatos de esportes eletrônicos profissionais todos os meses. Essa tendência só aumentou porque o isolamento obrigatório e necessário foi uma necessidade.

Shaquille O’Neal investiu em empresas que lavam carros e em academias que abrem 24 horas por dia. Após ver o crescimento importante das campainhas com vídeos da marca Ring, O’Neal adquiriu ações da empresa. Esses investimentos deram frutos e em seguida a Amazon adquiriu a Ring por U$ 1 bilhão de dólares.

Impacto social

Enquanto alguns atletas fazem investimentos em esportes para quebrar paradigmas e investir em impacto social. A seleção feminina de futebol americana é sensação internacional em função da luta que travam com o aumento dos salários das mulheres e a melhoria das condições de trabalho. O principal objetivo das atletas é aproveitar de mais autonomia financeira no momento de se aposentarem. As atletas criaram novos equipamentos femininos para a National Women´s Soccer League (NWSL) dos Estados Unidos. O Angel City FC, com sede em Los Ángeles, tem cerca de 14 ex-jogadoras da seleção americana como membros fundadoras. Recentemente a reconhecida tenista Naomi Osaka também fez investimentos pesados no North Carolina Courage, outra equipe da NWSL. Todos estes investimentos ajudarão na popularização do futebol feminino nos Estados Unidos e certamente criarão impactos sociais no esporte feminino internacionalmente.

Serena Williams fundou a Serena Ventures, uma empresa de capital de risco que faz investimentos em outras empresas formadas por mulheres e grupos minoritários e atualmente já financia cerca de 34 empresas. Seguindo os passos de sua irmã, Venus também iniciou no mundo dos investimentos e dos empreendimentos durante usa carreira profissional. Em 2017 participou da criação de uma plataforma de robo-advisor denominada ElleVest, que concentra suas atividades na promoção de serviços que contam com a participação exclusiva de mulheres. Além disso, Venus é fundadora da EleVen, uma marca de roupas destinada ao público feminino e a V Starr Interiors, empresa de decoração de interiores.

Ao mesmo tempo Lewis Hamilton, piloto da Fórmula 1 tornou-se porta-voz de medidas climáticas e das mudanças geradas por ela. Hamilton fez investimentos na equipe X44 para a categoria Extreme E afirma que é absolutamente atrativo estes investimentos em função da marca verde e graças a estas iniciativas que aliam amor e competições em prol do planeta gerando menos impactos.

O ex goleiro do Real Madri Iker Casillas, faz investimentos em empresas emergentes da área médica, ou seja, de cardiologia remota com sede em Madri, conhecida como Idoven, após ter sofrido um infarto agudo do miocárdio em 2019 enquanto participava de treinamentos do clube na cidade de O Porto. É notório que Casillas, que fez grandes investimentos na empresa durante o mês de maio de 2020 durante a primeira faze de investimentos, utiliza a marca para atendimento próprio.

Antes da inesperada morte de Bryant em 2020 ele se destacava por ser um dos melhores atletas e maiores investidores mais atrativos e de sucesso. Em algum momento, sinalizou que desejaria ser lembrado como um dos maiores investidores atuais em basquete. Bryant também era conhecido como objetivo ao apresentar a empresários e empreendedores grandes possibilidades no basquete não exploradas anteriormente. Em associação com Gianna, sua filha, tornou-se defensor da Associações Nacional de Basquete Feminino e dos atletas de todo o mundo.

Em 2013, Bryant participou da cofundação do Bryant Stibel, que recebeu aportes e investimentos de grandes empresas como Dell, Epic Games (criadora da Fortnite) e da gigante chinesa de comércio eletrônico, a Alibaba. Participou de investimentos na ordem de U$ 6 milhões de dólares na BodyArmor, uma empresa de bebidas esportivas que é concorrente direta da Gatorade.

A maioria dos atletas tornaram-se investidores com o claro objetivo de aumentar suas fontes de ingressos e se prepararem para o futuro da carreira profissional ao se aposentarem do mundo dos esportes. De todas as formas, é muito benéfica para todos os empreendedores como alternativa como investidores em empresas que repercutem em atletas mais jovens que tenham interesse em investir em esportes e, diferentemente dos outros investidores, querem mais que um simples investimento financeiro em empresas fora do meio. Os atletas têm muito interesse em investir no mercado e contribuir com empresas que impulsionam o mundo dos esportes e que sejam altamente competitivas, pois assim podem obter rendimentos de maneira segura e rápida.

KNOW MORE

¿VOCÊ QUER SABER MAIS?

  • ASSINAR
  • CONTATO
  • CANDIDATAR-SE

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS NOVIDADES

Você tem dúvidas sobre o Barça Universitas?

  • Startup
  • Centro de investigação
  • Corporate

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.