BIHUB PATH
Retorna

87 minutos chave para determinar o quão bom é um jogador

O fato de alas e atacantes poderem manter a posse de bola por apenas 180 segundos significa que suas ações durante a posse de bola representam um 3% da contribuição que o jogador faz durante os 90 minutos em que a bola está em jogo

As três zonas do futebol

Um jogo de futebol é simples. Se você é o dono da bola, você a mantém com seu time.

O desenvolvimento do futebol feminino. A importância de agir para reduzir a diferença de gênero.

O futebol feminino conseguiu nos últimos anos atrair o interesse dos torcedores e da mídia de forma extraordinária.

Querer não é poder. Os excessos de ambição na escolha dos objetivos

Existem limites físicos e mentais que geralmente nos impedem de alcançar tudo o que nos propusemos a fazer. Nem tudo depende do que você faz sozinho.

Quais são os valores educacionais do esporte?

O valor educativo da prática esportiva depende de como o treinador gerencia as condições em que as pessoas aprendem esse esporte. O que é educativo não é o aprendizado de técnicas ou táticas. Nem mesmo os benefícios físicos e psicológicos de uma boa preparação física. O que é realmente e somente educacional são as condições em que as sessões e tarefas de aprendizagem são realizadas.

A arte da antecipação

Antecipar o que o adversário vai fazer é crucial em qualquer esporte baseado na velocidade. Quando são requeridas reações rápidas, se o jogador esperar para apreciar a trajetória da bola, será tarde demais. A arte da antecipação, portanto, consiste em adivinhar a partir da posição e dos movimentos do adversário para onde vai a bola, prevendo corretamente o rumo do jogo. Dos esportistas que são capazes de se adiantar com mais frequência, sua inteligência ou visão de jogo costuma ser destacada e mesmo com o passar do tempo, parece que eles pensam vários segundos adiantados dos outros. Esse tipo de intervenção tem sido descrito pela literatura científica como ações “na fronteira do impossível”. É uma habilidade que hoje, na elite, é totalmente decisiva.

Qual é um bom resultado na partida de ida de uma eliminatória? A vantagem de jogar a segunda partida em casa

Toda vez que o final da temporada se aproxima e os playoffs aparecem nas competições para decidir quem avança para a próxima rodada, surge a mesma pergunta. É melhor jogar a partida de volta em casa? Alguns treinadores e jogadores preferem. Eles apontam que é mais fácil superar um resultado ruim quando se joga apoiado pelo público. Outros preferem jogar primeiro em casa e obter um resultado positivo que lhes dê segurança na partida de volta.

Criar padrões de jogo que ganhem partidas

A análise do futebol não só se trata de números. Trata-se de criar padrões de jogo que ganhem partidas. Aqui veremos como os treinadores trabalham com os cientistas de dados para conseguir exatamente isso.

A evolução do desempenho físico e técnico em LaLiga nos últimos 10 anos

Assim como em tantas outras atividades da vida diária, o futebol também evolui com o tempo. A combinação de fatores como a modificação das táticas e regras do jogo, o uso de novas tecnologias, a profissionalização do esporte ou a melhora na preparação dos jogadores tem causado mudanças na forma de jogar.

Jogos sem público: será que a vantagem de ser mandante nos jogos de futebol sumiu?

A crise sanitária causada pelo COVID-19 mudou a vida diária de milhões de pessoas no mundo todo. E o futebol não ficou imune a essa paralisação. Depois de vários meses sem jogos, o retorno à competição chegou com algumas mudanças nas regras: o número de jogadores que as equipes podem convocar para cada partida foi aumentado, assim como o número máximo de substituições, que passou para 5. Porém, a novidade mais importante é que os jogos têm de ser disputados sem público nas arquibancadas. Qual foi o efeito de jogar de portas fechadas? O fator campo perde importância quando não há torcedores encorajando os times mandantes?