BIHUB PATH

15 April, 2021

Atenção, concentração e emoção no esporte

Rendimento Desportivo

INSCRIVA-SE PARA O Certificado em Psicologia do Esporte para o Desenvolvimento de Atletas

entrar
318K

Passamos por um momento em que houve grande falta de concentração e tivemos que pagar caro com essa derrota. A frase foi criada, mas ninguém sentirá como estranha. Em todas os campeonatos, perder o nível de concentração pode influenciar no resultado final. Não importa se uma equipe alcança seu melhor desempenho físico ou se o domínio da técnica de todo o grupo é claramente superior ao do adversário. Se os atletas não estão concentrados, não terão que enfrentar a um adversário, mas sim a dois.

Onde focalizar a atenção

Atenção é a capacidade de percepção correta dos estímulos no nosso entorno. Um exemplo pode ser uma partida de futebol, onde estes estímulos são diversos e muito amplos. Podem ser externos e associados ao próprio jogo como a ovação do público, as instruções do técnico, a posição da bola e dos atletas adversários ou mesmo do tempo de jogo. Também podem ser externos, mesmo que alheios a este momento, ou seja, as conferências de imprensa que acontecem antes da partida, declarações polêmicas do adversário, a saúde de um familiar ou a aproximação do período de renovação de contrato. Por último, ainda que não tão importante assim, estão os estímulos internos, que vão desde o estado de ânimo até os próprios pensamentos, o que muitas vezes podem induzirem a situações de abstração total do atleta, durante uma partida.

A concentração consiste em manter essa atenção direcionada para os estímulos concretos. E quais são eles? Tudo depende dos nossos objetivos. O leitor pode supor que a boa leitura é resultado de concentração no texto e nas informações mais destacadas e importantes e está certa a afirmação. Entretanto, não seria correto afirmar que o principal foco é o desempenho. Deve sim existir um equilíbrio adequado nesta equação. Explicaremos com exemplos que vão desde a disciplina que requer atenção e concentração até a dedicação completa do atleta, pois isso é um exercício, não é mágica.

Convido a todos que assistam a este vídeo antes de seguirem com a leitura do texto. Agora mesmo? Puderam observar a mágica do truque sempre depende da forma como jogamos, levando em consideração os objetivos e a atenção neles. Este vídeo também evidencia um duplo truque. A principal atração parece ser o jogo de cartas, mas sim o que acontece em segundo plano com outro jogo que acontece ao mesmo tempo. Ao entender os objetivos do Dr. Wiseman diríamos que não estivemos tão concentrados na nossa atividade?

Não é verdade? A mágica é brincar com a ilusão e, de alguma forma, nosso objetivo é evitar que nos engane. Se não indicam aumentar o nível de concentração em uma atividade quando o que realmente queremos é demonstrar que existe falta de atenção aos demais estímulos. Nos distrai com uma mão enquanto com a outra realiza um truque. Mas em momento é informado e isto não significa que nosso cérebro funcione corretamente ou mesmo que tenhamos problemas com nossos sentidos. Só foi realmente demonstrado a nossa capacidade de nos mantermos concentrados diante de situações específicas ou então, como usamos na gíria do futebol, estar na área.

Portanto, não prestar atenção às trocas de roupa das pessoas durante o vídeo ou o pano de fundo e a cor da toalha de mesa, pode significar que escolhemos alguns estímulos e outros deixamos de lado para nos concentrarmos na atividade atual. Da mesma forma, durante um jogo de futebol é muito importante que os atletas consigam ignorar as informações sem importância graças a atenção seletiva, ou seja, dar atenção ao que realmente é importante. E, mesmo que existam pessoas mais dispersas e outras mais concentradas, tudo pode ser treinado ou aprendido. Neste caso, o objetivo será aumentar ou diminuir o nível de atenção quando o atleta se propuser.

O interessante do treinamento de concentração é que pode acontecer tanto psicológica como fisicamente. Por exemplo, ensinar os atletas a reconhecerem o que eles identificam como interferência cognitiva, e que são todos os pensamentos sem importância durante uma atividade. Pode parecer uma proposta simples, mas demanda muito trabalho focalizar naquilo que é exclusivamente relevante para o nosso objetivo. A outra cara do treinamento físico, pode ser conquistada quando um atleta automatize parte dos seus movimentos com base na prática e melhorias técnicas, assim conseguiremos que não tenha que colocar tanta atenção nos fundamentos, e que de alguma forma, libere sua atenção para atividades e situações externas. Dar outro exemplo cotidiano, como o fato de aprender a dirigir e deixar de prestar atenção se pisamos na embreagem ou trocamos de marcha. No cérebro, a corteza fica liberada para dar mais atenção ao entorno e assim poder tomar melhores decisões.

Aqui e agora

Mas se falamos de praticar concentração, o que há muitos anos está realmente atual é exercitar essa prática dentro do mundo dos esportes, ou seja, realizar meditação. Conseguir estar aqui e agora é vital para muitos atletas de elite, pois encontraram na meditação uma maneira de focalizar e aprimorar o rendimento competitivo. Não se trata de misticismo ou espiritualidade, mas sim de aprende a se concentrar e permitir mais espaços de tempo para prática durante o dia, inclusive às vésperas de um jogo. De fato, ler, escutar música relaxante e fazer tracking dão resultados semelhantes ou similares à meditação em muitos aspectos. Erling Haaland, centroavante do Borussia Dormunt, a forma que pratica meditação antes de entrar em campo, pois isso aumenta seu poder de relaxamento. De fato, ele afirma que medita tanto para treinar como para rotinas diárias no seu dia a dia, pois isso abre espaço para esse treinamento mental. O mesmo acontece com Pau Gasol, que afirma ser um exímio leitor de filosofia zen e meditação com o objetivo de aprimorar suas habilidades, trabalhar com a autoconsciência, viver no presente, ou seja, aqui e agora, e ter a mente tranquila.

O fato é que a prática correta da meditação pode contribuir efetivamente na redução e controle do estres e da ansiedade, assim como também permite mais controle emocional. Isso realmente pode ser e é muito importante. Os pensamentos negativos nos distraem e tornam nosso desempenho muito limitado. De acordo com alguns estudos realizados, as emoções e a felicidade ou o entusiasmo estão mais associados à concentração, em função de que são mais propensos a promover maior concentração para obter mais rendimento e automatização de determinados movimentos. Resumindo, podemos afirmar que a meditação é importante tanto para a carga emocional alheia aos campeonatos como melhorar nosso desempenho nele. Phil Jackson afirma que, um dos técnicos mais prestigiados da NBA que trabalhou com famosos do Chicago Bulls de Jordan ou com o Los Angeles Lakers do Bryant e do George Mumford, mestre em meditação (mindfullness), incorporou a prática de meditação a todos os treinamentos que eram realizados.

Estamos rodeados de estímulos de todos os tipos que concorrem no momento de captar nossa atenção e nos desconcentrar das atividades que estamos realizando. Aprender a decifrar o que realmente é importante e o que não é e desenvolver técnicas para trabalhar com toda essa atenção é fundamental para o trabalho de um atleta de elite. Ao contrário, perder a atenção naquilo que realmente é importante nos induz a distração e isso afetará, de forma negativa, os resultados finais durante um campeonato. Como afirmamos inicialmente, a perda de concentração nos obriga a enfrentar os adversários que estão por disputar com a equipe, mas também que o que estamos sentindo e pode ser uma mera aspiração pessoal. Porque não é, nem mesmo será, um adversário inferior.

 

Jose Valenzuela

 

Bibliografia

Vast, R.L., Young, R.L. & Thomas, P.R. (2010) “Emotions in sport: Perceived effects on attention, concentration, and performance”, Australian Psychologist, 45:2, 132-140.

NOTAS RELACIONADAS

O GRANDE DESCONHECIDO NAS LESÕES MUSCULARES: O TECIDO CONJUNTIVO DA MATRIZ EXTRACELULAR

Um editorial publicado na revista The Orthopaedic Journal of Sports Medicine —em que participaram alguns membros dos serviços médicos do clube— propõe considerar também a arquitetura íntima da zona afetada, ou seja, valorizar a matriz extracelular, como ator fundamental no prognóstico da lesão.

NOVOS DADOS COMO AS EXIGÊNCIAS FÍSICAS DOS FUTEBOLISTAS VARIAM CONSOANTE A SUA POSIÇÃO

Muitos dos inúmeros estudos a esse respeito, contudo, analisam essas exigências tendo apenas em conta algumas variáveis ou empregando janelas de tempo muito alargadas. Um novo estudo realizado por preparadores físicos do F.C. Barcelona analisou vários desses dados com mais precisão.

O QUE É REALMENTE A GESTÃO DA CARGA?

Neste artigo, Tim Gabbett e a sua equipa fornecem um guia convivial para os profissionais, ao descrever o objetivo geral da gestão de carga aos treinadores.

DUAS SEMANAS SÃO SUFICIENTES PARA AUMENTAR O VOLUME E A FORÇA MUSCULAR

Pela primeira vez se prova que não são necessários meses de treino, apenas duas semanas de exercícios adequados são o suficiente para melhorar significativamente o volume e a força muscular.

EXERCÍCIOS EXCÊNTRICOS: ESTUDAR “VACINAS” PARA OS MÚSCULOS

É importante treinar com exercícios do tipo excéntrico para prevenir possíveis danos. No entanto, o treino intensivo também pode causar alguns danos a nível muscular, que devem ser monitorizados para minimizar o risco de lesão.

O NÍVEL DE RESISTÊNCIA COMO MODERADOR DA CARGA DE TREINO

A resistência cardiovascular surgiu como moderador do resultado da carga a que se sujeita o desportista.

Estão os jogadores bem perfilados em relação à bola?

Através da visão por computador, podemos identificar alguns défices em relação à orientação corporal dos jogadores em diferentes situações de jogo.

¿VOCÊ QUER SABER MAIS?

  • ASSINAR
  • CONTATO
  • CANDIDATAR-SE

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS NOVIDADES

Você tem dúvidas sobre o Barça Universitas?

  • Startup
  • Centro de investigação
  • Corporate

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.