BIHUB PATH

February 8, 2021

Rendimento
Rendimento Desportivo

As condições impostas aos atletas de basquete nas atividades de treinamento afetam suas condições físicas?

INSCRIVA-SE PARA O Certificado em Otimização do Processo de Treinamento de Basquete

ENTRAR

A evolução do esporte de alto rendimento sugere que os atletas tenham que enfrentar cargas elevadas em função dos apertados calendários de competição, com jogos muito exigentes e praticamente sem descanso apropriado entre as partidas. Esportes como o basquete passam por um aumento das demandas neuromusculares, biomecânicas e fisiológicas.1 Um atleta de basquete realiza cerca de mil jogadas por jogo, ou seja, entre saltos, mudança de direção, sprints, acelerações e desacelerações etc.,2 e um em cada dez passes são realizados com alta intensidade.3 Conhecer as demandas físicas e fisiológicas as quais os atletas do basquete estão expostos durante competições permite uma melhor prescrição e aprimoramento das cargas de treinos, minimizando riscos de lesões.

Nos últimos anos, a tecnologia criou e desenvolveu novas linhas de pesquisa, que contribuíram com novas evidências nos estudos realizados em relação às necessidades físicas dos atletas que praticam esportes em equipe. O desenvolvimento tecnológico favoreceu o uso e a adoção de ferramentas para quantificação, em tempo real, das demandas de movimento. Ao permitir o controle e a quantificação das cargas de trabalho que acontecem durante os campeonatos e os treinamentos. Um exemplo dessas afirmações é o uso dos sistemas globais de navegação por satélite (GNSS), sendo o GPS o mais utilizado, que oferece informações precisas sobre os parâmetros relacionados com a carga externa, ou seja, distância percorrida, velocidade e aceleração etc., nos esportes praticados ao ar livre como o futebol e o rugby. Entretanto, estes dispositivos contém determinadas limitações e encontram grandes dificuldades para registrarem essas atividades de maneira indoor.4

Os últimos avanços tecnológicos oferecem possibilidades de monitorar os atletas que praticam esportes em pista coberta, ou seja, em quadras de basquete, ao usar os sistemas de posicionamento local ou LPS, pois oferecem maior precisão e confiabilidade do que as oferecidas pelos tradicionais GNSS.5,6 Esta nova ferramenta possibilita que preparadores físicos, cientistas do esporte e treinadores adaptem às necessidades fisiológicas e técnicas durante os treinamentos “provando” com variáveis, tais como quantidade de atletas, regras específicas de jogo, dimensões das quadras, quantidade e duração das repetições feitas por cada um dos atletas. Em uma recente implementação realizada, detectamos a diferença em diversos trabalhos de pesquisa que estão em desenvolvimento sobre aplicação e funcionalidade dos GNSS no futebol, a utilização dos LPS que são menos usados e, portanto, menos estudados e avaliados na função de quantificadores de cargas externas. Até o presente momento, por exemplo, não contávamos com evidências que apontassem as necessidades físicas e fisiológicas dos atletas de alto rendimento de basquete em situações de treinamento 5 vs 5, nos diferentes locais de jogo.

Como modificar as respostas físicas dos atletas de basquete ao alterar as situações de jogo?

Recentemente, membros da área de desempenho do FC Barcelona publicaram um artigo no reconhecido Journal of Strength and Conditioning Research, com resultados sobre novos estudos que avaliam as possibilidades de se realizar alterações nas regras de jogo durante situações de 5 vs 5, caso surtam efeitos nas respostas físicas dos atletas de alto rendimento de basquete.7 As necessidades físicas dos 12 atletas de elite foram avaliadas, utilizando o sistema de posicionamento local, WIMU PRO, através do qual foram verificadas distância total e distância percorrida com diferentes velocidades, o player load, a velocidade máxima, quantidade de jogadas em alta intensidade e número total de acelerações e desacelerações em alta intensidade com aceleração máxima. Em 3 diferentes situações foram avaliadas as 5 vs 5: i) usando a metade da quadra; ii) metade da quadra e uma transição; e, iii) quadra completa.

Os resultados consideram a sugestão que quanto maiores são as dimensiones onde acontecem o jogo, maiores serão as cargas físicas avaliadas como distância percorrida, player load e velocidade máxima, além de verificar as jogadas totais em alta intensidade e as acelerações e desacelerações em alta intensidade.7

Conclusões

Este estudo sugere que, as alterações das regras de jogo com variações nas dimensões de jogo repercutem nas necessidades físicas dos atletas de alto rendimento. Ter acesso a essas novas informações permite que a comissão técnica das equipes de alto rendimento possam, por exemplo, adaptar respostas físicas dos atletas ao alterar a dimensão espacial onde acontecerão as situações de 5 vs 5. Isso favorece a prescrição e o calendário de treinamento. Com o objetivo de melhorar os treinamentos e o desempenho dos atletas de alto rendimento, é importante e necessário que tenhamos informações claras das diferentes pesquisas realizadas e publicadas.

 

Javier S. Morales

 

Referências:

  1. Cormery, B., Marcil, M. & Bouvard, M. Rule change incidence on physiological characteristics of elite basketball players: A 10-year-period investigation. Br. J. Sports Med. 42, 25–30 (2008).
  2. Ben Abdelkrim, N., El Fazaa, S. & El Ati, J. Time-motion analysis and physiological data of elite under-19-year-old basketball players during competition. Br. J. Sports Med. 41, 69–75 (2007).
  3. Ben Abdelkrim, N., Castagna, C., Jabri, I., Battikh, T., El Fazaa, S. & El Ati, J. Activity profile and physiological requirements of junior elite basketball players in relation to aerobic-anaerobic fitness. J. Strength Cond. Res. 24, 2330–2342 (2010).
  4. Castellano, J. & Casamichana, D. Deporte con dispositivos de posicionamiento global (GPS): Aplicaciones y limitaciones. Revista de Psicología del Deporte. 23 (2014).
  5. Ogris, G., Leser, R., Horsak, B., Kornfeind, P., Heller, M. & Baca, A. Accuracy of the LPM tracking system considering dynamic position changes. J. Sports Sci. 30, 1503–1511 (2012).
  6. Leser, R., Baca, A. & Ogris, G. Local positioning systems in (game) sports. Sensors. 11, 9778–9797 (2011).
  7. Vazquez-Guerrero, J., Reche, X., Cos, F., Casamichana, D. & Sampaio, J. Changes in External Load When Modifying Rules of 5-on-5 Scrimmage Situations in Elite Basketball. J. strength Cond. Res. 34, 3217–3224 (2018).

KNOW MORE

¿VOCÊ QUER SABER MAIS?

  • ASSINAR
  • CONTATO
  • CANDIDATAR-SE

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS NOVIDADES

Você tem dúvidas sobre o Barça Universitas?

  • Startup
  • Centro de investigação
  • Corporate

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.