5 August, 2019

A PRÉ-TEMPORADA. ORIENTAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DO ESTADO DE FORMA DOS JOGADORES

Rendimento Desportivo
Desportos Colectivos
160K

O objetivo da pré-temporada consiste em buscar o melhor estado de forma individual e coletivo das equipes antes do começo da competição. Entretanto, enquanto dispomos de muitos indicadores e informação para detectar o primeiro, sabemos muito menos sobre o segundo. Há muitos anos, Paco Seiru-lo explicou que existem quatro estados de forma nos esportes coletivos: o estado de forma individual, o estado de forma coletivo, o estado de forma em função do rival e o estado de forma dependendo do momento da temporada.

Uma pesquisa recente avançou enormemente na descoberta de algo mais sobre o estado de forma colectivo.1 No trabalho, analisa-se como o desempenho tático, físico e fisiológico são modificados durante a pré-temporada de um time de primeira divisão. Para isso, estudaram uma situação de 8×8 + goleiro que foi repetida desde a primeira semana de preparação até a última. O comportamento dos jogadores foi registrado mediante dispositivos de GPS e foram utilizados procedimentos estatísticos não lineares como a Entropia Aproximada ou a Fase Relativa. A distância total percorrida por minuto foi inferior nas últimas semanas de pré-temporada em comparação às primeiras sessões de preparação: 165,5, 4 x 142,2. Estas diferenças foram mais evidentes na distância percorrida a baixa (0,0 – 3,5 km. h-1) e moderada (3,6 – 14,3 km. h-1) intensidade: 59,3, 4 x 47,1 e 76,9 x 66,6, respectivamente. Os metros percorridos a alta intensidade (14,4 – 19,7 km. h-1) e com sprint (< 19,8 km. h-1) se mantiveram estáveis quando comparados às primeiras e últimas sessões de pré-temporada: 14,4 x 13 , 9 e 11,0 x 11,0, respectivamente. Contudo, a sincronia dos jogadores (isto é, a coordenação de seus movimentos durante o jogo) nos movimentos longitudinais e laterais melhorou 8% e 7%, respectivamente, desde o início da pré-temporada até o final. Provavelmente, estes resultados permitem entender melhor o que é o estado de forma coletivo. Trata-se de que as equipes sejam capazes de responder coordenadamente e de forma conjunta às diferentes situações que ocorrem em uma partida. O sucesso no futebol tem muito a ver com que os membros de uma equipe identifiquem e interpretem os aspectos mais importantes do jogo de forma parecida e que eles saibam o que fazer e como fazê-lo rapidamente. Isto é estar bem sincronizado. Os pesquisadores também descobriram que os jogadores mais experientes percorreram menos distância que seus colegas mais jovens. Os atletas não entram em forma no mesmo ritmo. Os mais veteranos parecem necessitar de menos sessões de treinamento para atingir sua melhor versão para competir.

As aplicações práticas apontam que os treinadores e preparadores físicos deveriam considerar o seguinte:

  1. Deve-se diferenciar estado de forma individual de coletivo da equipe. Pode-se estar em um nível muito alto no primeiro e colaborar pouco no segundo. E ao contrário.
  2. Deve-se identificar e quantificar indicadores do desempenho para cada estado de forma. Talvez não devam ser utilizados testes gerais ou muito distantes da motricidade específica do esporte para avaliar como se encontram os atletas.
  3. O estado de forma mais específico nos esportes em equipe é coletivo. O nível mostrado no jogo é o que deve ajudar a identificá-lo.
  4. A idade dos jogadores e o momento em que se encontram em sua vida esportiva está muito relacionado com o tempo que necessitam para ficar em forma.

 

A equipe Barça Innovation Hub

 

Referências

1 Folgado H, Gonçalves B, Sampaio J. Positional synchronization affects physical and physiological responses to preseason in professional football (soccer). (2018). Research in Sports Medicine. 26(1): 51-63.

 

NOTAS RELACIONADAS

NOVOS DADOS COMO AS EXIGÊNCIAS FÍSICAS DOS FUTEBOLISTAS VARIAM CONSOANTE A SUA POSIÇÃO

Muitos dos inúmeros estudos a esse respeito, contudo, analisam essas exigências tendo apenas em conta algumas variáveis ou empregando janelas de tempo muito alargadas. Um novo estudo realizado por preparadores físicos do F.C. Barcelona analisou vários desses dados com mais precisão.

O GRANDE DESCONHECIDO NAS LESÕES MUSCULARES: O TECIDO CONJUNTIVO DA MATRIZ EXTRACELULAR

Um editorial publicado na revista The Orthopaedic Journal of Sports Medicine —em que participaram alguns membros dos serviços médicos do clube— propõe considerar também a arquitetura íntima da zona afetada, ou seja, valorizar a matriz extracelular, como ator fundamental no prognóstico da lesão.

O QUE É REALMENTE A GESTÃO DA CARGA?

Neste artigo, Tim Gabbett e a sua equipa fornecem um guia convivial para os profissionais, ao descrever o objetivo geral da gestão de carga aos treinadores.

DUAS SEMANAS SÃO SUFICIENTES PARA AUMENTAR O VOLUME E A FORÇA MUSCULAR

Pela primeira vez se prova que não são necessários meses de treino, apenas duas semanas de exercícios adequados são o suficiente para melhorar significativamente o volume e a força muscular.

Graus de liberdade ou de escravidão?

A compreensão das variáveis modificadoras do jogo, com base nos graus de liberdade.

EXERCÍCIOS EXCÊNTRICOS: ESTUDAR “VACINAS” PARA OS MÚSCULOS

É importante treinar com exercícios do tipo excéntrico para prevenir possíveis danos. No entanto, o treino intensivo também pode causar alguns danos a nível muscular, que devem ser monitorizados para minimizar o risco de lesão.

ESTABILIDADE OU INSTABILIDADE, É ESSA A QUESTÃO?

A importância de construir um modelo de jogo no futebol.

O NÍVEL DE RESISTÊNCIA COMO MODERADOR DA CARGA DE TREINO

A resistência cardiovascular surgiu como moderador do resultado da carga a que se sujeita o desportista.

Estão os jogadores bem perfilados em relação à bola?

Através da visão por computador, podemos identificar alguns défices em relação à orientação corporal dos jogadores em diferentes situações de jogo.

¿VOCÊ QUER SABER MAIS?

  • ASSINAR
  • CONTATO
  • CANDIDATAR-SE

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS NOVIDADES

Você tem dúvidas sobre o Barça Universitas?

  • Startup
  • Centro de investigação
  • Corporate

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.