BIHUB PATH

26 May, 2020

A EMIGRAÇÃO DOS ATLETAS E O DESEMPENHO DAS EQUIPES DO FUTEBOL DE ELITE

Desportos Colectivos
318K

A globalização: o processo impulsionado pelo aumento dos fluxos transfronteiras de bens, serviços, dinheiro, pessoas, informações e cultura1; afetou de maneira muito importante às sociedades ocidentais nas últimas décadas. O futebol não está isolado deste fenômeno. A livre circulação de atletas aumentou substancialmente nos últimos 25 anos, uma vez que os limites do número de atletas estrangeiros nas ligas europeias foram eliminados ou ampliados e os clubes desenvolveram uma mentalidade muito mais empresarial.2

De acordo com os dados do CIES Football Observatory,3 a porcentagem de atletas estrangeiros nas 31 principais ligas europeias aumentou para um nível recorde de 41,8% em 2019, enquanto que nos 10 anos anteriores a porcentagem era de 34,7% (Figura 1). Da mesma forma, a porcentagem de atletas formados no próprio clube diminuiu de maneira significativa no período de 2009 a 2019: se há 10 anos a porcentagem era de 23,2%, em 2019 foi para 17,2% (Figura 2). Algumas informações extras. Em 2018, 13.383 atletas profissionais do futebol foram expatriados nos 2120 clubes que competem nas 152 ligas de 98 associações nacionais em todo o mundo4. Em média, uma equipe costuma ter 5,7 atletas expatriados, o que significa que os atletas estrangeiros representam 21,4% da equipe. Se levarmos em consideração apenas os clubes que participam da Confederação da UEFA, a porcentagem atinge os 26%. Além disso, a importância dos atletas estrangeiros nas suas respectivas equipes é cada vez maior. A porcentagem de minutos disputados pelos atletas emigrantes é de 64,7% na Premier League, 61% na Série A, 51,5% na Bundesliga, 39% na La Liga e 37,3% na Ligue 1.

Figura 1. Evolução da porcentagem de atletas estrangeiros nas 31 principais ligas europeias no período de 2009 a 2019
Figura 2. Evolução da porcentagem de atletas formados pelo próprio clube nas 31 principais ligas europeias no período de 2009 a 2019

Uma recente pesquisa5 analisou a relação entre a emigração de atletas e o ranking anual das seleções nacionais de cada país, de acordo com o World Football Elo Rating. O estudo, publicado na revista Frontiers in Psychology em 2019, baseou-se na análise anual de 243 países no período de 1994 a 2018. A emigração foi medida levantando o número de atletas emigrados de cada país que jogavam em alguns dos seguintes campeonatos: Liga espanhola, Serie A italiana, Premier League inglesa, Bundesliga alemã e Ligue 1 francesa (conhecidas como “Big-Five”). Os resultados apontaram que, o desempenho destacado de uma seleção nacional em um campeonato, provoca a emigração imediata de um número elevado de atletas desse país a outro campeonato de maior nível. Os melhores atletas profissionais do futebol são fichados rapidamente pelos clubes mais ricos. Entretanto, o impacto dos atletas que emigram para uma melhoria de nível, se comparado com sua seleção nacional, não é tão importante e nem ao menos rápido. O efeito positivo que os atletas emigrantes trazem na posição que sua seleção ocupa no World Football Elo Rating, ocorre apenas 4 anos após a sua partida para outro país.

 

Logo, parece que o futuro do futebol passa por uma globalização cada vez mais intensa. A emigração dos atletas está a tornar-se um alicerce para atender às demandas de desempenho das equipes. Os dados apontam que, a importância dos atletas profissionais do futebol formados pelo próprio clube é cada vez menor. Os desafios das equipes talvez passem por combinar ambas as estratégias, ou seja, apostar na formação de excelentes atletas nos próprios clubes e reforçar com atletas de outros clubes quando necessitarem de atletas de elite.

 

 

 

Carlos Lago Peñas

 

Referências

1 Held, D., McGrew, A., Goldblatt, D., and Perraton, J. (1999). Global Transformations. Politics, Economics, and Culture. Oxford: Polity Press

2 Milanovic, B. (2005). Globalization and goals: does soccer show the way? Rev. Int. Polit. Econ. 12, 829–850. doi: 10.1080/09692290500339818

3 Poli, R., Ravenel, L., and Besson, R. (2019). The demographics of football in the European labour market. Avaliable at: http://www.football-observatory.com/IMG/sites/mr/mr49/en/

4 Poli, R., Ravenel, L., and Besson, R. (2019). World football expatriate: global study 2019. Avaliable at: http://www.football-observatory.com/IMG/sites/mr/mr45/en/

5 Lago-Peñas C, Lago-Peñas S and Lago I (2019) Player Migration and Soccer Performance. Front. Psychol. 10:616. doi: 10.3389/fpsyg.2019.00616

 

NOTAS RELACIONADAS

NOVOS DADOS COMO AS EXIGÊNCIAS FÍSICAS DOS FUTEBOLISTAS VARIAM CONSOANTE A SUA POSIÇÃO

Muitos dos inúmeros estudos a esse respeito, contudo, analisam essas exigências tendo apenas em conta algumas variáveis ou empregando janelas de tempo muito alargadas. Um novo estudo realizado por preparadores físicos do F.C. Barcelona analisou vários desses dados com mais precisão.

Graus de liberdade ou de escravidão?

A compreensão das variáveis modificadoras do jogo, com base nos graus de liberdade.

EXERCÍCIOS EXCÊNTRICOS: ESTUDAR “VACINAS” PARA OS MÚSCULOS

É importante treinar com exercícios do tipo excéntrico para prevenir possíveis danos. No entanto, o treino intensivo também pode causar alguns danos a nível muscular, que devem ser monitorizados para minimizar o risco de lesão.

ESTABILIDADE OU INSTABILIDADE, É ESSA A QUESTÃO?

A importância de construir um modelo de jogo no futebol.

O NÍVEL DE RESISTÊNCIA COMO MODERADOR DA CARGA DE TREINO

A resistência cardiovascular surgiu como moderador do resultado da carga a que se sujeita o desportista.

¿VOCÊ QUER SABER MAIS?

  • ASSINAR
  • CONTATO
  • CANDIDATAR-SE

FIQUE ATUALIZADO COM NOSSAS NOVIDADES

Você tem dúvidas sobre o Barça Universitas?

  • Startup
  • Centro de investigação
  • Corporate

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

Por favor, preencha os campos:

O formulário foi enviado com sucesso.