SAÚDE E BEM-ESTAR

Soluções de ponta, desde a medicina desportiva

Principais
desafios

NOVOS MARCADORES BIOLÓGICOS DE CARGA INTERNA

Monitorização da resposta física e psicológica às cargas de treino e competição dos nossos atletas para melhor prevenir e prever situações de risco de lesão.

CONCEPÇÃO DE PRODUTOS NUTRICIONAIS PERSONALIZADOS

Concepção de produtos nutricionais personalizados que melhoram o bem-estar e o rendimento dos desportistas em todos os momentos da temporada, nos treinos ou em competições.

NOVAS TÉCNICAS E PROCEDIMENTOS DE IMAGEM MÉDICA

Melhoria do diagnóstico e prognóstico de lesões a partir de tecnologias médicas, como bio-impedância, ressonâncias magnéticas funcionais de alta resolução e ultrassonografia.

NOVAS TERAPIAS DE MEDICINA BIOLÓGICA E REGENERATIVA

Melhoria e desenvolvimento de novas terapias, como plasma rico em plaquetas (PRPs) ou células estaminais para recuperações mais eficientes e diminuição de recaídas.

TRATAMENTOS E PROCESSOS DE RECUPERAÇÃO PERSONALIZADOS

A tecnologia que desenvolvemos vai da realidade virtual, para encurtar os tempos de recuperação, à visão computacional, para análise biomecânica funcional.

PROTOCOLOS COMPLEXOS PARA O RETURN-TO-PLAY

Desenvolvimento de protocolos multidisciplinares e complexos para estimar o processo de regresso ao treino após uma doença ou lesão desportiva.

SAÚDE E BEM-ESTAR

Investigamos e desenvolvemos soluções para a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e o regresso à competição de jogadores.

Num mundo tão competitivo, com maior volume e intensidade de treino e jogos, devemos cuidar e proteger a saúde global dos nossos jogadores e equipas. Conhecer os seus factores de risco referentes a certas doenças ou lesões desportivas permitir-nos-á minimizar o seu impacto e contribuir para o desempenho individual e coletivo.


Na nossa área, trabalhamos com medicina desportiva, fisioterapia e nutrição para investigar e desenvolver soluções de ponta que melhoram os nossos 4 pilares de acção: prevenção, diagnóstico, tratamento e regresso aos treinos e à competição (return-to-play).


Em particular, concentramo-nos nas lesões musculares e tendinosas, que apresentam maior incidência na prática de desportos coletivos e lesões do ligamento cruzado anterior, devido à sua grande importância nos dias de ausência e incidência em jovens jogadores.

NOTAS RELACIONADAS

A CIRURGIA EM LESÕES DO TENDÃO CENTRAL DOS ISQUIOTIBIAIS: UM ESTUDO PRÓPRIO

De há dois anos para cá, a equipa médica do F.C. Barcelona decidiu operar os atletas com esse tipo de lesão. Quais foram os resultados obtidos?

Saúde e Bem-Estar
Blog

O exame médico do desportista: um exame essencial

Um exame de saúde deve ser capaz de detetar situações que, apesar de não apresentarem sintomas evidentes, possam pôr em perigo um desportista sujeito a um grande esforço.

O diagnóstico de imagiologia na medicina desportiva: presente e futuro

As lesões musculares representam mais de 30 % de todas as lesões sofridas em desportos como o futebol.